people as a service

O que é People as a Service? Entenda como funciona e as vantagens desse modelo.

O que é People as a Service? Entenda como funciona e as vantagens desse modelo.

Por: camila

Você já ouviu falar no termo People as a Service?

Muitas transformações no modelo de trabalho aconteceram nos últimos anos. Na verdade, podemos dizer que o formato de trabalho está sempre em constante evolução, isso acontece pois as demandas das empresas mudam com o passar dos anos, bem como, o modo de agir do sujeito e de conviver em sociedade.

O modelo de gestão em organizações diversas também vem sendo alterado no decorrer do tempo, assim como a contratação de pessoas e de serviços. No contexto atual, em que somos pautados pela tecnologia e pela inovação, aspectos que se valem da transformação digital já se tornaram uma necessidade em empresas diversas. Com isso, a necessidade da contratação de mão de obra qualificada tornou-se ainda mais importante para desenvolver esses processos dentro das organizações.

Ademais, como dissemos anteriormente, o modo de trabalho e gestão de negócios também não é mais o mesmo. As empresas têm aberto portas para o mercado a fim de contratar os melhores serviços e profissionais. Nesse contexto surge uma nova modalidade, o people as a service. Se você ainda não conhece esse termo, esse artigo foi feito para você!

Ah, antes de continuar, que tal conhecer um pouco mais sobre a metodologia da Samba Digital? Clique aqui e fique por dentro! 

Metodologia Sambatech

O que é People as a Service?

People as a Service é um termo relativamente recente e ainda pouco conhecido no Brasil. Como você deve ter percebido, trata-se de um termo de origem da língua inglesa, traduzido significa “pessoas como um serviço”.

Você pode ter se lembrado de termos como: SaaS (Software as a Service), IaaS (Infrastructure as a Service) e DaaS (Device as a Service). A origem do termo é parecida com esses conceitos. Mas, nesses exemplos em que ofertam-se “coisas” como serviço, no People as a Service, a oferta é de pessoas. 

Desse modo, People as a Service é um tipo de serviço que oferece a mão de obra de profissionais para projetos completos ou jobs específicos. 

Exemplificando, vamos supor que uma empresa varejista tem como parte de seu planejamento iniciar transmissões de live commerce para aumentar as vendas. Contudo, essa empresa não possui tecnologia e nem pessoal para desenvolver essa solução, dessa maneira, é possível recorrer a outra organização que trabalhe com o modelo de people as service para contratar profissionais para desenvolver essa solução.

Após essa explicação, você deve ter se lembrado do modelo de outsourcing/outsourcing. É um pouco semelhante, mas no people as a service a proposta vai um pouco mais além. As empresas que optam pela terceirização, muitas vezes possuem o foco apenas na redução de custos. Já as que optam por people as a service, estão pensando principalmente em contar com profissionais com expertises e hard skills que ainda não fazem parte do capital intelectual da sua empresa.

Vantagens do modelo People as  a Service

Agora que você já entendeu o conceito de people as a service, chegou o momento de saber como as organizações estão utilizando desse modelo e quais são os principais ganhos. 

Abertura para o mercado

Uma das principais vantagens é a possibilidade de contratar profissionais além daqueles que já trabalham em sua empresa. Dessa maneira, é possível contar com a bagagem de quem atua também em outras empresas e mercados, levando essa experiência para o seu projeto

Recrutamento e seleção

Quando a sua empresa opta pelo modelo de people as a service, o recrutamento e seleção dos funcionários fica por conta da organização que está oferecendo esse serviço. Assim, é possível acelerar o processo e contar com empresas especializadas e com know how especializado para essa etapa.

Redução de custos

Um dos grandes ganhos das organizações que contratam empresas com esse tipo de solução é a redução de custos. Como dissemos, esse não é necessariamente o único foco, mas, certamente, é um dos benefícios. Isso acontece porque toda a despesa de pessoal, encargos trabalhistas, dentre outros são de responsabilidade da empresa que fornece a mão de obra dos profissionais.

É importante dizer que esse um dos motivos que fazem esse modelo funcionar tão bem é ter uma empresa por trás de todo esse processo. Diferentemente de quando uma empresa opta pela contratação de freelancers, com o people as a service, existe uma organização que cuida de toda a parte burocrática, legal e zela pelo bem estar do funcionário.

Produtividade focada em projetos

A contratação de profissionais como serviço ocorre muitas vezes focada em projetos específicos. Normalmente, quando uma empresa tem uma demanda nova e às vezes, até pontual, o recurso de people as a service pode ser um tanto quanto proveitoso. Dessa forma, uma das vantagens é ter profissionais focados especificamente em um projeto, assim, ganha-se em produtividade, agilidade e facilidade nas entregas. 

People as a Service e trabalho remoto

Nos últimos anos, algo que até há algum tempo atrás parecia inimaginável, tornou-se uma prática em empresas diversas: o trabalho remoto.

Para se ter uma ideia, segundo uma pesquisa feita pelo vagas.com,  as ofertas no modelo de teletrabalho aumentaram 309%. Sabemos que um dos fatores que impulsionou esse crescimento foi a pandemia da covid-19. Mas, sabemos também que muitas empresas tendem a adotar esse modelo de maneira permanente. Um estudo feito pela IDC mostrou que 83% dos colaboradores e 77% dos líderes dizem ser tão ou mais produtivos em casa ou em outro local remoto.

Dito isso, com a ascensão do trabalho remoto, a tendência é que o modelo de people as a service torne-se ainda mais utilizado nas corporações diversas. Visto que, dessa maneira, as fronteiras para contratação de profissionais tornam-se ainda menores, já que a limitação geográfica não é mais um empecilho. 

People as a Service no setor de tecnologia da informação

Como você já deve ter percebido até aqui, um dos motivos para as empresas recorrerem para a contratação de profissionais no modelo people as a service é contar colaboradores com expertises que a empresa ainda não possui. 

Indo de encontro a esse fator, um dos setores que têm enfrentado um grande gap de profissionais é o setor de tecnologia da informação.  Segundo relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, o déficit de profissionais nessa área pode chegar a 260 mil, até 2024.

O motivo para esse gap de profissionais é o crescimento das demandas dessa área e a falta de profissionais qualificados, dessa forma, uma solução que as empresas têm encontrado para suprir essa carência de pessoal é exatamente contratando profissionais no modelo people as a service. Assim, é possível ter pessoas com expertises e experiências para desenvolver os processos necessários em cada projeto. Além de tudo, as organizações encurtam as etapas para encontrarem esses profissionais, já que todo o recrutamento e seleção é por conta da empresa fornecedora do serviço.

Como funciona na Samba Digital?

A Samba Digital é a nossa unidade de negócios focada em desenvolver inovação e transformação digital nas empresas, para isso uma das nossas estratégias é oferecer a solução de people as a service por meio da alocação de squads.

Na alocação de squads desenvolvimento ágil é possível contar com mais produtividade, aceleração de entregas e redução do backlog, com utilização de stacks de desenvolvimento modernas, sem precisar adquirir esse conhecimento dentro de casa. Além disso, é possível contratar um squad completo ou profissionais específicos. 
Se você quer saber como a Samba Digital pode ajudar a acelerar a transformação digital e a inovação em sua empresa, é só clicar aqui ou na imagem abaixo.

Nova call to action